Câmara Municipal discute novo projeto para reabertura das creches municipais

O processo seletivo que trata do programa voluntário com bolsas para quem deseja ser “auxiliar de creche” na rede pública municipal de ensino voltou a ser debatido durante a sessão ordinária dessa terça-feira (10).

O projeto já havia sido votado e sancionado no mês passado, e nele consta a necessidade do processo seletivo instalar uma comissão com três integrantes de órgãos diferentes, sendo que o Ministério Público, segundo os parlamentares, não enviou o seu representante. Com isso, o processo permanece suspenso.

O vereador Júnior Ferreira (PSDB) apresentou durante a sessão um novo projeto, substituindo o primeiro enviado pelo o Poder Executivo, retirando a obrigatoriedade da instalação da comissão e dando celeridade.

Na sua fala, o parlamentar defendeu o projeto e afirmou que a votação é importante para o prosseguimento do processo seletivo. As vereadoras Jussara Maria (PSDB) e Isaura Barbosa (PSDB) afirmaram que a câmara não é contra o Ministério Público, mas que as crianças não podem ser prejudicadas.

Já o vereador Ivonaldo Fernandes (MDB) argumentou que a posição dos vereadores de situação na casa demonstra que a gestão municipal não quer a participação do MP no processo, argumento esse refutado pelo o vereador Tiago do Mutirão (PSDB).

Os vereadores Josa da Padaria (CIDADANIA) e Renato Meireles (PSB) também se posicionaram contra o novo projeto de lei.

O novo projeto seria colocado em votação pelo o presidente da casa Wilson Filho (PL), mas um pedido de vista do vereador Josa prorrogou o prazo de discussão e o tema deve ser debatido novamente na próxima sessão ordinária.

 

Ascom  – Câmara Municipal de Guarabira-PB

Sessão ao-vivo

Skip to content